Pode não ser o que parece!

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

  

  Nem sempre são os sentimentos que mudam, ás vezes, a única coisa que muda é a forma de agir com tudo o que aconteceu. Quando a pessoa se torna grossa não significa que ela não mais se importa, pode ser que ela tenha apenas cansado de apanhar, e tenha começado a bater. Quando ela abre mão de algo, não significa que ela já não sinta, pode ser apenas que os espinhos da flor que ela segurou com tanto afinco, tenham machucado tanto a sua mão, que ela já não tenha mais suportado mantê-la fechada. Quando ela o manda embora, não significa que ela não queira mais, pode ser apenas que ela tenha cansado de sentir o corpo perto e alma tão longe, que ela optou por perder os dois. Quando ela não mais lê as cartas que você escreveu, não significa que ela queira apagar aquilo de sua vida, pode ser apenas que ela já não mais suporte tocar e não sentir, e prefere permitir que tudo fique guardado em uma caixa, trancada á sete chaves. Quando ela já não mais o procura, não significa que ela já não se importe, pode ser apenas que o amor-próprio tenha chegado, e ela, numa decisão sábia, possa ter escolhido presar por ela, já que ela lhe dedicava todo cuidado do mundo, e não recebia cuidado nenhum, e, acredite, ela precisava bem mais. Quando ela já não mais se deixa levar por suas palavras doces, não significa que ela não quer mais seguir a estrada com você, pode ser apenas que ela tenha cortado as asas, para que não houvesse como ela tirar os pés do chão, flutuar com a ilusão, e levar um grande tombo. Quando ela não mais permite que você a toque, não significa que ela não mais o deseje, pode ser apenas que ela não suporte que você toque em suas cicatrizes, que, acredite, custaram muito tempo e muita dor, para que, enfim, as feridas sarassem.
  Se quiser de volta, você terá que quebrar o invólucro no qual ela se escondeu, terá que mostrar que por vocês vale a pena. Mas, por favor, não faça isso sem que seja realmente verdade, você não sabe as tortuosas estradas que ela teve que atravessar, e ela não merece passar por tudo novamente. Não esqueça... Pode ser que seu tempo não tenha se esgotado, talvez ela esteja apenas cansada de viver essa história... Que nunca muda! 

"E é só por isso que encontramos tantas pessoas pela vida a fora
que dizem que nunca mais conseguiram amar alguém...
é simples... 
é porque elas não possuem mais coração, eles foram roubados,
arrancados do seu peito,
e somente com um grande amor ela terá um novo coração,
afinal de contas, corações são para serem divididos.."
(Luís Fernando Veríssimo)

3 comentários:

Ilária Oliveira disse...

É realmente assim como tenho me sentido hoje. Não sei apenas se quero mesmo deixa-lo, a dor talvez seja maior do que a que sinto agora... tenho muito o que pensar ainda.
Obrigada pelas palavras, o blog esta lindo.

http://hilariaoliveira.blogspot.com/

sara kellyne. disse...

Pense, e preze por você! Pese os pontos positivos e negativos, e veja se realmente vale a pena ficar, ou se é melhor partir, caso a segunda opção seja a correta, e você tiver que partir, vai doer, vai sim, mas a dor será uma só, e somente se libertando, você poderá enxergar coisas melhores! Pense bem, para que não haja arrependimentos..
Não precisa agradecer pelas palavras, fico muito feliz em sentir que o que escrevo toca as pessoas, e as ajuda a seguir na vida!
Volte quando quiser, minha metamorfose está de portas abertas, e, se precisar de ajuda, pode contar comigo!
Beijos! :*

Ilária Oliveira disse...

Pensarei com muito cuidado, não quero me precipitar nas decisões. Não tem como não agradecer...rs

Voltarei sempre!