Reviravolta.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010





O tempo passou e, junto com ele,
Se foi aquela garota ingênua,
Que vivia das migalhas de amor que caíam da mesa.
Por muitas vezes estive em meio ao deserto,
E quando olhei para o lado não vi ninguém.
Mas eu cansei!
Cansei de sofrer, de correr atrás das pessoas.
Sangrei muito,
Mas foram essas gotas de sangue que me tornaram forte.
Foi doloroso, mas se não fosse o sofrimento,
Não seria quem sou hoje.
Agradeço a Deus por ter me dado esse coração forte,
Que nunca desistiu de pulsar,
Mesmo em meio as maiores dificuldades.

E hoje estou aqui, RENOVADA.

Atravessei o deserto com garra, e SOBREVIVI!
Continuo guerreira, continuo na luta.
Vou passando por cima dos obstáculos,
e seguindo meu caminho,
lutando com unhas e dentes pelo o que desejo.
Podem me chamar de louca,
mas, para mim, louco é quem não arrisca,
e não luta pelo o que deseja,
vivendo somente ao "Deus dará".
Não abro mão dos meus planos por NINGUÉM.
Por muitas vezes estive só,
Mas é na solidão onde crio forças,
onde recobro a coragem.
E quando me pego caminhando em meio ao deserto,
encontro pedaços de pessoas,
pedaços de mim mesma,
que acabei deixando pelo caminho.



Now here I stand, I'm still just that girl
I'm following my heart in this amazing, crazy world! ♫
(Suddenly - Ashley Tisdale )


1 comentários:

Moni. disse...

Nada melhor que essa percepção de passar pelas agruras da vida e ver-se inteira e grande, como és...

Migalhas...pode até ser, mas só enquento elas forem o alimento suficiente.

se houver fome, corramos atrás daquilo que nos sacia.

Amei o novo layout.
Tá lindo!

Beijo, flor!