Entre aspas...

segunda-feira, 15 de novembro de 2010


I

Acredita em anjo? Pois é, sou o seu!
Soube que anda triste, que sente falta de alguém, 
Que não quer amar ninguém. 
Por isso estou aqui, vim cuidar de você, 
Te proteger, te fazer sorrir,
Te entender, te ouvir,
E quando tiver cansada,
Cantar pra você dormir.
Te colocar sobre as minhas asas,
Te apresentar as estrelas do meu céu,
Passar em Saturno e roubar o seu mais lindo anel.
Vou secar qualquer lágrima que ousar cair,
Vou desviar todo mal do seu pensamento,
Vou estar contigo a todo momento,
Sem que você me veja,
Vou fazer tudo que você deseja.
Mas, de repente você me beija,
O coração dispara e a consciência sente dor,
E eu descubro que além de anjo,
Eu posso ser seu amor.

II

Hoje eu acordei mais cedo e fiquei te olhando dormir,
Imaginei algum suposto medo para que tão logo pudesse te cobrir.
Tenho cuidado de você todo esse tempo,
Você está sobre meu abraço e minha proteção.
Tenho visto você errar e crescer, amar e voar,
Você saberia onde pousar!
Ao acordar já terei partido,
Ficarei de longe escondido,
Mas sempre perto, de certo, 
Como se fosse humano, vivo,
Vivendo pra te cuidar, te proteger,  
Sem você me ver, sem saber quem sou,
Se sou anjo, ou se sou seu amor!


III

Afinal, quem eu sou? Seu anjo, ou seu amor?
Tenho asas?
Anjos aparecem invisíveis.
Humanos também, quando amam.
Quero dizer que já não importa mais saber de onde eu venho,
Se tudo que sou pra você é amor.
E se ainda assim, quiser voar,
Te levo comigo, te mostro as estrelas,
Outros alados, Deus, a vida celeste.
E depois voltamos pra nossa casa,
Até nos amarmos, até morrermos,
Para dizer que é seu o anel.
Sou seu amor na terra,
E seu anjo no céu.


Saulo Fernandes. conheça o autor!

2 comentários:

Anônimo disse...

owwn que lindo. *-* amiga se Deus quiser, vs vai ser tornar uma grande autora, (Yn' torcendo por vs. *.*

Moni. disse...

Eu acredito em anjos!

Um beijo, flor linda!